quarta-feira, 28 de novembro de 2012

"Desigrejados" - (Parte 02)


A Onda do Momento.

Olá queridos Amigos Internautas de todo Brasil e do Mundo! Que bom estarmos aqui novamente para darmos sequência a esta Mensagem tão atual e desafiadora! Ficamos muito felizes pela repercussão da primeira parte desta Mensagem, quando recebemos ameaças, palavras de afronta, mas também, inúmeras palavras de incentivo, força e agradecimentos. Deus seja louvado por tudo! Quero apenas deixar bem claro aqui que não somos desviados nem revoltados, viu? Sou um Pastor Evangélico de 41 anos de idade, Casado, nascido e criado na Igreja Pentecostal, há 31 anos servindo a Deus através do Ministério da Palavra, Pregador, Ministro do Evangelho, atuando na área de Aconselhamento há mais de 20 anos... Credenciais que são dispensáveis, mas que são necessárias para informar que não se trata aqui de alguém querendo aparecer ou se auto afirmar! Deus o sabe! E nosso objetivo aqui não é uma abordagem teológica, mas, uma abordagem aplicativa e funcional!

“DESIGREJADOS” - A ONDA DO MOMENTO. Na primeira parte desta Mensagem falamos sobre A ORIGEM deste Movimento chamado de “DESIGREJADOS”. Falamos que estes são pessoas que optaram por romper com o Sistema Religioso, com a Igreja Institucional e Organizada e passaram a viver sem Congregar em nenhuma Igreja local. Tudo muito belo, aparentemente justificável, diante dos inúmeros problemas da Igreja que apontamos aqui no primeiro Artigo... Bacana! Mas, muita calma nessa hora! É verdade que estamos vivendo um turbilhão de crises no seio da Igreja hodierna, que a questão do “Mercantilismo Gospel” é um problema profundo e crítico; que a “Industrialização do divino” tá forte; que as “Convenções” estão cada fez mais fora do verdadeiro foco; que as “Marchas para Jesus” não passam de exibições fúteis de força política e manipulação de Massas, que a Liderança Evangélica na grande maioria perdeu o rumo...

Realmente estamos vivendo dias de incontáveis crises no Evangelicalismo no Brasil e no mundo! Mas falando da nossa ‘casa’, enquanto a maioria prefere ignorar, estamos aqui denunciando, protestando, não para adquirirmos notoriedade, mas por não concordarmos com a direção que tem tomado a Igreja hodierna! Sou de uma Família de Servos de Deus; de pastores e fundadores de Igrejas. Meus avôs foram fundadores de Igrejas no estado do Espírito Santo! Pr. Antônio Brito e Hermes Pinto da Fonseca deixaram um legado juntamente com suas esposas que também cooperaram no processo todo de transmitir esse legado à toda Família! Sou fruto desse legado! E na minha época de criança, fui criado debaixo de uma mesa de Círculo de Oração; época em que os crentes oravam mais; que as pessoas iam à Igreja, não para chorar pelo ardor da luta, mas, para chorar pela Presença de Deus!

Eu não sou saudosista, mas, não posso apagar a minha época de infância da mente, quando os crentes buscavam a Glória de Deus, o Batismo com Espírito Santo, os Dons espirituais! Não havia esse consumismo todo; essa sede pela Conquista e pela Vitória! As nossas crianças eram introduzidas na Bíblia logo bem cedo, sabiam tudo da Bíblia! Eu mesmo já “pregava” aos oito anos para meus Amigos na escola e nos Cultos Infantis, promovidos pela minha mãe em casa! Nossos adolescentes e jovens eram mais espirituais; eram batizados com Espirito Santo e profetizavam, pregavam nas Consagrações e Vigílias! Havia uma sede pelo Evangelismo pessoal, Culto nas Praças, etc... A Escola Dominical era super cooperada, os Cultos de Ensino (Doutrina) eram uma Benção! Tá certo que em muitos deles havia mais sobre “usos e costumes”, mas era melhor que a “Água rala” de hoje! Nos Cultos se pregava a Bíblia!

Os crentes eram mais Amigos uns dos outros; havia visitas, culto nos Lares, orações... A Igreja era mais espiritual do que hoje! Os nossos pastores sempre foram homens de Oração, respeitados pela Comunhão que tinham com Deus e admirados pelo Amor com que atendiam cada ovelha! Não eram os “coronéis” de hoje, temidos pela politicagem! Nossos Cultos eram festas constantes; o Louvor era espiritual e ungido; sem essa apelação pelo triunfo sobre tudo e sobre todos de hoje! A Mensagem era Cristocêntrica e Ungida pelo Espírito Santo e quando era ministrada, fazia o Povo chorar pela Presença de Deus! O pecador se arrependia mesmo e era conduzido à conversão! Havia critérios na casa de Deus para receber as pessoas! Havia critérios para quem pregava, para quem cantava, para quem ministrava, para quem queria ser membro da Igreja... Havia temor no Povo de Deus! Orava-se mais que hoje!

Mas, o tempo passou e tudo isso mudou... E não podemos negar que evoluímos; que crescemos; que avançamos e que desenvolvemos uma Liturgia mais moderna! Realmente não podemos negar que a tecnologia que temos hoje em nossos templos em termo de som, imagem e acomodações é fantástica! Nós não podemos negar que nossas mensagens são mais bem elaboradas e que nossos pregadores são “doutores” e peritos no vernáculo! Cada dia mais e mais pessoas se agregam às nossas Igrejas! Não podemos ignorar o que as pesquisas dizem a respeito do crescimento evangélico em todo mundo! Temos mesmo motivos de sobra pra festejar!... Mas, em contra partida, perdemos a essência! Perdemos a Unção e os marcos antigos da Igreja foram removidos! Nós hoje somos maior em número, mas extremamente menores em QUALIDADE! O que pregamos é um “evangelho pirotécnico”!

Muita luz, muitas cores, muita fumaça, muitas danças e movimentos; muito barulho, mas pouquíssima ou nada mesmo de Unção e de Presença de Deus! Nossas crianças sabem mais das novelinhas e “malhações” do que sobre a Bíblia; nossos adolescentes e jovens estão “se pegando” e não mais pregando na Igreja! Em muitos casos, estão fornicando debaixo dos olhos ignorantes da Liderança! Nossos crentes são frios nos relacionamentos e na Vida Espiritual! Ninguém mais quer saber de Evangelismo e Culto nas Praças; o negócio é caminhadas, passeios ciclísticos, carreatas e “Marchas para Jesus”! Viramos uma cambada de “gospel marqueteiros” nessa “calçada da fama” que se tornou a Igreja de Cristo! Nossos pastores se tornaram prepotentes e orgulhosos em seus carros luxuosos! Difícil até cumprimenta-los e, apenas pensar que eles tenham tempo pra nos atender é uma ofensa!

Como dizem nossos Manos gaúchos: “Barbaridade, tchê!” Chega!! Todas essas coisas tem cooperado para que cada vez mais e mais pessoas entrem para o Grupo dos “Desigrejados”! Realmente temos motivos de sobra para estarmos descontentes! E eu nem falei da tolerância do pecado no meio das lideranças e dos membros da Igreja, nem falei da politicagem e de tantos outros “detalhes” que a paciência não nos permite! Almas estão sendo lançadas no Inferno; tanto obreiros como membros, têm saído de nossas Igrejas feridos e magoados com a arrogância e a prepotência ensinadas em nossas mensagens e hinos! A turma da Igreja está sendo alimentada com ‘movimentos’ e extrojeções mirabolantes; se alimentam de palha seca e de factoides! O amor está desaparecendo e já não existe mais em muitas de nossas Igrejas! E o pior de tudo isso é a ignorância de tudo isso; o descaso!

Diante de tantas coisas que mencionamos e tantas outras que nem cabem aqui, temos visto essa gente sair da Igreja e decidir não mais participar da Igreja Institucional e Organizada! Estão errados? Sinceramente tenho receio de dizer diante de tantos problemas... Mas não posso também me omitir, pois Deus não me chamou para isso, e, é por esta razão que resolvi escrever este Artigo! Se por um lado temos tantas coisas erradas na Igreja Institucional e Organizada, do outro, temos um Deus que não está alheio a isso; temos a Bíblia como Manual e o Espírito Santo como nosso ajudador! Eu discordo terminantemente que devamos tomar a posição de se excluir do CORPO DE CRISTO como medida de solução para toda essa “santa bagunça”! Pois a Igreja como REUNIÃO dos Salvos foi Instituída por Jesus Cristo e ela, a IGREJA está acima de tudo isso; de toda essa situação!

Se temos visto tantos erros; se Deus tem nos permitido VER tudo isso, não é para que abandonemos a Igreja! Não creio que Deus tenha se dado ao trabalho de planejar a Igreja desde a Eternidade para acabarmos nisso! Olhem para a Bíblia e para a História, gente! Eu me recuso a fazer uma abordagem puramente Teológica aqui, mas, sinceramente não creio que tudo deva acabar dessa maneira! Com as pessoas se desligando da Igreja e decidindo cultuar em casa, sozinhos ou junto com mais algumas pessoas que também se desligaram! Tomando Santa Ceia pela televisão como temos visto muitos fazendo! O que é isso??! Eu creio em ATITUDES bem mais eficazes e dirigidas pelo Espírito Santo! Que a Liderança é arrogante e não está disposta a ouvir o clamor da Igreja que sofre, agente sabe, mas daí se desligar da Igreja pra caminhar sozinho e independente do CORPO é loucura!

E vou dizer porque: O diabo sabe que a desfragmentação da Igreja a torna fraca e incapaz de reagir diante de suas investidas! Ele sabe que os crentes separados e solitários são alvos fáceis! Pois o Apóstolo Pedro disse que o diabo ruge como leão, ou seja, a tática do adversário é a utilizada pelo leão na hora da caça! O leão, na verdade, não caça sempre; quem o faz são as leoas, mas quando ele decide caçar, escolhe sempre os desgarrados da manada; os doentes e os distraídos! Foi isso que Pedro quis dizer quando nos mandou VIGIAR! (1 Pe. 5: 8). Esta Palavra é pra você que está “desigrejado”: Sair da Igreja não vai resolver o teu problema! Sair da Igreja não é a solução para tua Vida! O que você precisa é voltar-se para Deus! Muitas coisas estão erradas? Faça parte da mudança! ORE, PREGUE a Palavra, Converse com sua Liderança e trabalhe para que haja mudança! Deus te dará as Armas!

Eu creio que como aos Profetas, Deus nos chamou diante de toda essa calamidade! Ele não nos colocou nesse “Vale de ossos secos” para fugirmos; para desistirmos! Ele nos chamou para PROFETIZARMOS; a Obra cabe à ELE fazer! Nosso papel é PROFETIZAR! Deus não nos colocou no meio de tudo isso, para, a exemplo de Habacuque em seu primeiro momento, reclamarmos e murmurarmos, olhando só para as circunstâncias e se deixando conduzir por elas! Deus nos colocou no meio dessa Nação e pra ver essa “vexação” para nos tornar Instrumentos d’Ele para a mudança! Como Habacuque entendeu posteriormente e disse: “Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação.” (Hc. 3: 17-18).

Precisamos aprender a nos libertar das circunstâncias e do meio em que vivemos! Ou você aprende essa lição ou estará exposto a ser tragado pelo adversário! E ele não te fará saber disso! A maioria das vítimas do leão sente uma sensação de extrema segurança antes de serem tragadas! As táticas do inimigo são sutis e quase imperceptíveis! Ele usa “meias verdades”; ele usa aquilo que “parece” justo e direito; aquilo que parece justificável! É assim que ele age! Portanto, é isso mesmo que o diabo quer que os crentes façam! Saiam de suas Igrejas e se isolem; toquem suas vidas e ignorem a “Congregação”; ignorem a Reunião da Igreja! Se partirmos para essa postura, vamos ter que esquecer a Bíblia; vamos ter que esquecer os ensinos de Jesus e esquecer a História da Igreja! De tantos que derramaram o sangue para que hoje estivéssemos aqui! Eu estremeço quando penso nos mártires da Igreja!

Meu Clamor aqui é que você não se deixe levar por essa “ONDA DO MOMENTO”; não se deixe convencer por pessoas que querem manter a raiz da amargura nos seus corações e assim, conduzirem as suas Vidas para o Inferno! Não se afaste da Igreja, amado(a)! Volte e busque olhar somente para Jesus como a Bíblia diz em Hebreus 12: 1-2!
O texto que usamos como Base desse Artigo está em Hb. 10: 25: “Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.” O dia da Volta de Cristo se aproxima e o diabo sabe disso! Por esta razão ele tem introduzido cada vez mais suas ideias como “meias verdades” no seio da Igreja! A cada dia que passa, se torna um pouco mais difícil ser Servo de Deus autêntico, mas fique firme, pois Deus é conosco! Se estiver impossível na sua Igreja, mude para outra, mas não saia da COMUNHÃO da Igreja! Não se afaste do Rebanho!

Se esta Palavra atingir UM coração apenas, já terá cumprido seu Propósito em Deus! Estou plenamente convencido de que Deus está me usando aqui para despertamento de muitos que estão sendo ENGANADOS por essa ONDA DO MOMENTO de se desligar da Igreja! Creio que Deus falou aqui com alguém! E, “quem tem ouvidos para ouvir, que ouça o que o Espírito diz à Igreja”! Que Deus nos ajude e nos mantenha firmes na sua Obra! Um forte abc à todos!

Pr. Paulo Giovane S. Fonseca-MS. ><>