quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Casamento - O Desafio do Antes e Depois.


Olá queridos Irmãos e Amigos Internautas; companheiros de jornada nessa caminhada rumo ao céu! Paz Perfeita vos seja Multiplicada neste dia Abençoado que Deus nos dá! A previsão é de ricas e copiosas Bênçãos sobre tua Casa, sobre teu trabalho e sobre tua Vida! Nossa oração neste dia é para que Deus te abra o entendimento, para seres abençoado através de mais esta Palavra que Ele nos envia pra teu enlevo espiritual! Tome posse das Vitórias que Deus tem pra tua Vida neste dia, colocando sempre a Palavra em prática na tua Vida! Que Deus te abençoe, amado(a) e que este dia possa ser um marco de Benção pra Você! Estamos juntos em Oração! Deus é contigo!

Um jovem casal decide passear na praça e num momento bem romântico, a moça pergunta para o rapaz, olhando para a lua: “Querido! O que é aquilo no céu?” Ele imediatamente, aproveitando a oportunidade para se mostrar um perito nas palavras, olha bem dentro dos olhos da moça e responde: “No céu, querida é a lua; aqui na terra, é você!” A cena termina com um caloroso beijo... Aquele casal acaba casando; os anos se passam; uns seis filhos nascem daquela união, e, num dia em que eles têm uma meia hora de folga; decidem passear na praça! Que alegria! A gurizada vai na frente gritando; outro chorando; outro querendo comida...

E no meio de toda essa confusão, o marido emburrado, pois queria estar em casa assistindo a final do campeonato de futebol... A senhora senta no mesmo banco de tempos atrás, e, num esforço de reviver um momento de romantismo, olhando para o céu e pergunta: “Querido! O que é aquilo no céu?” Ele, imediatamente, aproveitando a oportunidade para se mostrar bastante chateado, nem olha pra esposa e responde: “Não tá vendo que é a lua, sua burra?”... A história pode ser engraçada, mas reflete a situação do “antes e depois” de um Casamento! E o que desperta em muitos são duas perguntas: “O que muda depois do Casamento; e Por que muda?”

Longe das fábulas das “belas e das feras”, Casamento não é uma Aventura; um Cruzeiro Transatlântico ou uma Montanha Russa de emoções! Já dizia meu avô: “Casamento é coisa séria!” Mas, infelizmente, a presente geração não sabe o real significado do Casamento! O que muitos conhecem, é o que as novelas ensinam; ou o que os filmes românticos apresentam; ou ainda aquilo que está escritos nos livros de romance... O que vemos de fato em nossos dias, é o cada vez mais crescente número de casais despreparados que chegam ao “Terreno da União Conjugal”! E, por causa disso, é cada vez mais crescente o número de divórcios em nosso tempo! Onde está o problema?

O Problema já começa no Namoro! Nossa juventude começa a namorar sem critérios; ignorando limites; rompendo lacres; violando regras e temperando tudo isso com uma dose cavalar de emoção e paixão desenfreada! Onde a aparência vale mais do que o carácter; onde o prazer vale mais que a inteligência; onde o que se tem vale mais do que o que se é; onde a popularidade vale mais que a seriedade! O Namoro começa escondido, ou sem o consentimento dos pais; começa sem um critério de seleção ou diálogo... Geralmente começa já num “beijo avassalador”; numa “pegada” mais forte... E aí, como diz a regra... Tudo o que começa errado, não termina certo!

Nossas adolescentes e jovens, já vivem numa pressão de uma sociedade que valoriza aquilo que se vê; onde o que tem valor é aquilo que está exposto! Quanto mais exposição e mais ousadia, melhor! Basta olharmos os Big Brothers, os Bailes Fanks, os desfiles de Moda, a Moda ditada pelos Artistas... Nossos Adolescentes e Jovens, estão no meio de “múltiplas alternativas”! Dá pra fazer uma lista no final do dia e ver quem “pegou” mais! Não há mais compromisso e carácter! Basta olharmos para os biótipos de hoje; de calças frouxas e cuecas à mostra; dos cabelos arrepiados e sem camisa; das roupas coloridas; dos palavreados modernos e cheios de gírias; estilos “despojados” e relaxados!

Um pai ou mãe que lê isso aqui deve estar arrepiado! Mas esta é a realidade dos nossos Adolescentes e Jovens hoje! Nossas jovens, não são preparadas para a Vida familiar; para administrar um Lar! E não pensem, por favor, que sou preconceituoso! Acho que as mulheres devem estar inseridas num contexto de modernidade; de independência; de realizações profissionais, mas, devem também ser estruturadas para saberem lidar com as demandas de um Lar! E isso não é ensinado hoje pelos pais com tanta frequência! Da mesma forma não ensinamos os meninos também a serem “Homens”; a serem cavalheiros e responsáveis com o Lar e para com sua família!

Nossa juventude, numa grande maioria, dorme até meio dia; não tem responsabilidades a não ser com a escola e, em muitos casos, enganam seus pais, matando aulas! Nossa juventude só quer diversão e aventuras; nossa geração é a “geração Play Station”! Querem o modelo mais moderno de celular; a roupa mais “transada”; o carro dos sonhos... E os pais viram reféns nessa guerra que vira barganha! As roupas a cada dia encurtam mais e apertam mais; revelando uma tendência exibicionista cada vez mais ousada! E por aí vamos caminhando nesse “Parque dos Prazeres” sem a estrutura devida pra constituir Família! Isso sem falar nos Namoros sem fronteiras onde os pais permitem de tudo!

E quando a coisa vai para o campo espiritual... Aí é que complica de vez! Por estas e muitas outras razões, que temos tanta crise nos Casamentos quando eles não caem no Divórcio! Precisamos repensar a situação de nossos Filhos; rapazes e moças precisam ser preparados para a Família; para constituir Família! Pensar que é só gostar de um “gatinho” ou “gatinha”, namorar e casar e pronto; tá tudo numa boa, é o erro grave de muitos! A verdade nua e crua é que NOSSA GERAÇÃO NÃO ESTÁ PREPARADA PARA CONSTITUIR FAMÍLIA! Nós os pais somos culpados pela nossa OMISSÃO! Nós, os Pastores também, por não estarmos investindo conhecimento aos jovens de nossas Igrejas nessa área! A sociedade também tem sua parcela de culpa por incentivar a promiscuidade! E assim, vamos!

O Casamento é uma Benção, mas precisa dessas bases anteriores mencionadas, restauradas! Daí, depois de consumado, o Casamento precisa de MANUTENÇÃO constante! No Casamento, precisamos manter tudo de bom que tínhamos no Namoro! O Amor, o Romantismo, o Carinho, o Respeito, a Amizade, o Companheirismo, a Cumplicidade... Casamento não é só sexo; Casamento não é só “curtir” enquanto há beleza! Casamento é o compromisso de AMAR até que a morte os separe! É isso que juramos um ao outro no altar! Nesses tantos anos aconselhando Famílias e Casais, vemos que muitos falham nesses detalhes e querem ter um Casamento Feliz! Eu pergunto: “Como?”

O homem, depois que casa, em muitos casos não permanece como no Namoro, e, a mulher por sua vez, também não! Onde antes havia Carinho e Respeito; há agora rispidez e desrespeito! Onde havia compromisso; há agora um desleixo total! Onde havia cuidados; há um relaxamento quase irreversível! O que mudou depois do casamento? A convivência, que deveria aprofundar os laços matrimoniais, faz com que os laços se rompam! Acaba o Carinho; acabam as rosas, acabam as gentilezas, acabam as declarações de Amor... Tudo vai sendo substituído pela rotina, pelo desmazelo, pela brutalidade nas respostas, ações e palavras... O que muda depois do Casamento?

Muda muita coisa! Mas poderia mudar pra melhor se o Casal cuidasse com dedicação da Vida Espiritual do Lar! Poderia mudar pra melhor se o Casal estivesse mais preparado para a Família! Poderiam mudar pra melhor se o Casal observasse com mais atenção os elementos indispensáveis da boa relação dentro do seio familiar! Poderia mudar pra melhor, se o Casal aprendesse a desenvolver a Comunicação no Casamento! Poderia mudar pra melhor se a Chama do Amor fosse constantemente alimentada! Poderia mudar pra melhor se o Casal buscasse em Deus e na sua Palavra a solução das crises inevitáveis! Poderia mudar pra melhor se o Casal desenvolvesse o Companheirismo pra tudo dentro do Lar!

Mas, por que não muda pra melhor em muitos casos? Porque pra manter um Casamento saudável, dá trabalho! E muitos casam querendo ser feliz e não pra fazer o outro feliz! Estão na espera de serem servidos; não querem servir! Isso é um fato! Pra você que lê este Artigo, entenda o que Deus me usa pra falar aqui! Analise como você e seu cônjuge estão caminhando na “Auto Estrada do Casamento”! A Bíblia diz: “Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios”! (Ef. 5: 15). Em toda a Bíblia, Deus nos ensina o “Princípio da Manutenção” e, nesse versículo não é diferente! Precisamos todos; casados ou aspirantes ao Casamento; aprender essa Lição!

Minha oração pra Você que passa por uma crise no Casamento, é para que você e sua Família se voltem para Deus! Tornem o vosso Lar num lugar de Adoração a Deus; num ambiente de Amor; de respeito; de cordialidade! Pra você que está vivendo já em processo de separação, eu creio que Deus pode restaurar teu Casamento sim! Mas tudo vai depender de sua posição diante de Deus! Só chegou aonde chegou, pela falta de Manutenção em algumas ou em todas as áreas aqui discutidas! Mas independentemente de qualquer situação, Deus pode RESTAURAR esse Amor; esse Casamento! Pra você que está pensando em Casar, atente para os Conselhos aqui discutidos! Com toda a certeza, sua Família; seu Lar e seu Casamento serão abençoados!

Que Deus abençoe a todos amados que chegaram ao fim desse Artigo e que aqui aprenderam algo especial da parte de Deus! Estejam certos de que estamos juntos em Oração por sua Vida e Família! Um forte abraço! Em breve, postaremos os deveres do Marido e da Mulher para um Casamento feliz! Aguardem!

Pr. Paulo Giovane S. Fonseca-MS. ><>