sábado, 5 de janeiro de 2013

Vencendo a Depressão - Quando Deus trata o Profeta!


Olá queridos Amigos e Irmãos Internautas de todo mundo! Paz Perfeita vos seja Multiplicada em Cristo Jesus, Nosso Senhor! Prazer estar mais uma vez aqui para meditarmos numa porção da Palavra de Deus nos dada para abençoar vossas Vidas, tão preciosas aos olhos de um Deus que TUDO vê e que está sempre no Controle absoluto de todas as coisas! A Ele toda honra e toda Glória; todo o Louvor e toda a Adoração, pois é o Único Digno! Em cima no céu, como embaixo na Terra, não há outro Nome que devemos adorar e bendizer; Ele é o nosso Deus! Aleluia! Ele é o Dono de TUDO e todas as coisas foram criadas por Ele e para Ele e, sem Ele, nada do que foi feito se fez! Glória, pois, a Ele eternamente e para sempre! Louvamos a Deus pela sua Vida, amado(a)!

Mas estamos aqui hoje, na direção de Deus, para falar de um mau que tem sido considerado por especialistas como a “doença do século” – A DEPRESSÃO. O que é, todos sabem; mas, como vencê-la? Como sair dela e alcançar a Cura? Há alguma instrução Bíblica; algum ensinamento Bíblico sobre como lidar com esta enfermidade da alma? E se há, como lidar com a Depressão sob a perspectiva Bíblica? Mais uma vez tenho que dizer aqui, que nosso objetivo, não é ‘discutir’ teologicamente e nem patologicamente o assunto, mas trazer uma Palavra Revelada de Deus aos corações daqueles que tem se tornado alvo dessa enfermidade! Assim sendo, quero direcionar esta Mensagem àqueles que, realmente, precisam de ajuda e reconheçam a Voz de Deus através deste Texto.

As correrias da Vida, a agitação do dia a dia, as preocupações e pressões das múltiplas responsabilidades da Vida, na Família e no Trabalho, têm contribuído potencialmente para o desenvolvimento e proliferação de um problema muito antigo e hoje comum da Vida humana. Todos nós, até certo ponto, já experimentamos algum tipo de stress em alguma fase ou momento de nossas Vidas; todos nós já nos sentimos “acuados” diante de algum grande problema ou desafio aparentemente impossível de ser resolvido.  Essa situação aparentemente trivial pode acabar nos transportando a um forte sentimento de incapacidade e tristeza profunda; gerando em nós um amortecimento e um desânimo incomensurável! Dá-se então, o início de uma Depressão.

A Depressão é um estado, digamos comum, porém, difícil em alguns casos de ser diagnosticado e tratado adequadamente, haja vista ser uma ‘enfermidade da alma’. Tecnicamente, a Depressão é um estado contínuo de mau humor. Os ‘sinais’ ou sintomas mais comuns de depressão incluem tristeza constante, apatia e inércia, tronando difícil manter a perspectiva da vida ou tomar alguma decisão por mais simples que seja. Também inclui perda de energia e fadiga; normalmente acompanhada de insônia, pessimismo, desesperança, medo, autoconceito negativo, auto baixa estima, carência afetiva exacerbada, e carência de autoafirmação; acompanhados de auto crítica e sentimentos de culpa, vergonha, senso de indignidade, desamparo, perda de interesse no trabalho, no sexo e em atividades usuais. Perda de espontaneidade, dificuldade de concentração, incapacidade de apreciar acontecimentos ou atividades agradáveis e perda de apetite.

Diante desses sintomas, muitos cristãos negam a possibilidade de um verdadeiro servo de Deus ficar deprimido ou sofrer depressão. Alguns chegam afirmar que se trata apenas de um caso de opressão ou possessão demoníaca, mas, vamos observar neste Artigo que as coisas não são bem assim. Nosso objetivo aqui, como já disse, não é entrar num debate teológico, mas provar que a Graça de Deus não nos impede de passar por Depressões; de passar por vales de lutas intensas, mas, ela tem Poder para nos libertar deste mal para a Glória do Deus que servimos! A Graça de Deus pode fazer o Milagre acontecer ainda agora, em quanto lês este Artigo, agindo em tua Vida com Unção que despedaça todo jugo em Nome de Jesus Cristo! Creia e tome posse!

# A Bíblia e a Depressão:

Infelizmente, uma grande maioria dos cristãos (protestantes) interpreta a Depressão somente no “Campo Espiritual”. Temos o hábito de “espiritualizar” tudo. O ‘estar’ deprimido é sintoma de pecado, de desobediência a Deus ou, como já mencionado, é sinal de possessão maligna. Contudo, a Bíblia nos permite estudar o problema através de outro prisma; da experiência de dedicados Servos do Senhor: 1 – JÓ 3: 11 – “Por que não morri eu na madre? Por que não expirei ao sair dela?” 2 – MOISÉS – Nm. 11: 15 – “Se assim me tratas, mata-me de uma vez, eu te peço, se tenho achado favor aos teus olhos.” 3 – DAVI – Sl. 42: 5 – “Por que estás abatida, óh minha alma? Por que te perturbas dentro em mim?” 4 – JONAS 4: 3 – “Peço-te, pois, óh Senhor, tira-me a vida, porque melhor me é morrer do que viver.”

O exemplo mais forte de melancolia e estado depressivo na Bíblia vem do próprio Jesus! Por incrível que isso pareça, o Mestre como homem também que era, sofreu a mesma situação que os Servos de Deus sofreram na história bíblica! No Getsêmani, Ele diz: “A minha alma está profundamente angustiada até à morte.” (Mt.26: 38). Naquela hora Jesus passou por sofrimentos, sensações e sentimentos de agonia tão intensos que a Bíblia relata que o Mestre sofreu “hemorragia cutânea”! (Lc. 22: 44). O pavor e a sensação da morte eram terríveis naquele momento e o escritor aos Hebreus (5: 7) diz que Ele, o Mestre Jesus, “foi ouvido quanto ao que temia”! Ele sentiu a presença da morte; percebeu que ela poderia vir antes da Cruz! E Ele sabia que o alvo era o Calvário!


Mas Jesus venceu este estado depressivo e seguiu até o Calvário; Ele concluiu a Missão! E se Jesus venceu, você também pode vencer esta depressão! Tais exemplos estão aqui, não para respaldar o estado depressivo de um Servo de Deus e torna-lo aceitável; eles na verdade revelam o realismo bíblico da questão da Depressão! Entretanto, acima de tudo, eles nos enchem de esperança “porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, porém um, que como nós, em tudo foi tentado... Pois naquilo que Ele mesmo sofreu, tendo sido tentado, é poderoso para socorrer os que são tentados.” (Hb. 4: 15 e 2: 18). Percebeu? Jesus passou pra nos dar a condição de vencer como Ele mesmo venceu! Glória a Deus!

Vamos então ler o Texto Base deste Artigo (1 Rs. 19: 1-18) e analisar a Depressão de Elias. Nós podemos aprender muito na Vida dos Homens de Deus na Bíblia, e, o próprio Profeta Elias nos traz lições tremendas neste texto que nos ajudarão a compreender a questão da Depressão. Elias não é apenas um Profeta, mas a sua própria Vida é uma Profecia! E sua experiência nos servirá de instrução, amém? Para início de conversa, a Bíblia diz que este Profeta, era sujeito as mesmas paixões que nós! (Tg. 5: 17). E, sendo assim, entendemos porque ele orou: “Basta! Toma agora, óh Senhor, a minha alma, pois não sou melhor do que meus pais.” (1 Rs. 19: 4). Meu avô dizia que gostava da Bíblia pois ela não esconde a fragilidade de ninguém! E aqui está um exemplo!

Elias acabara de enfrentar, vencer e matar os Profetas de Baal e Assera no Monte Carmelo! E agora estava desejando morrer!? Quais seriam as causas de tamanha Depressão? Vamos ver no texto? 1 – SOLIDÃO – A Bíblia diz que ele ficou só; ele “deixou o seu moço” e partiu sozinho para o deserto! O primeiro passo num processo depressivo é o isolamento; quando nos isolamos, nos tornamos alvo fácil da Depressão! 2 – CANSAÇO FÍSICO – O ‘excesso de trabalho’ provoca stress. O Profeta estava muito cansado com a agitação do Carmelo (dia todo) - (1 Rs. 18: 46). Matou os falsos profetas; subiu ao monte para orar e depois correu à frente do carro de Acabe! Estava tão casado que, logo que deitou debaixo do zimbro, adormeceu!

3 – CARÊNCIA AFETIVA – Disse ele: “Eu fiquei só” (1 Rs. 19: 14). A solidão de sua posição era chocante! Vivendo à sós com suas meditações, sentia a falta de Amigos e do apoio humano! Ele precisava de reconhecimento e prestígio! Então passou a alimentar a autocomiseração e complexo de perseguição! Reclama: “E buscam tirar-me a Vida!” 4 – CARÊNCIA OCUPACIONAL – Isso parece contraditório, mas, enquanto Elias tinha trabalho de Profeta para realizar, tudo ia bem. Acha-se útil! Mas, para ele, a sua ocupação acabara com a desmoralização pública de Baal e a morte dos seus profetas! Elias entendeu que a idolatria em Israel chegara ao fim! A decadência de um homem começa quando ele se acha inútil!

5 – DESAPONTAMENTO EM SUAS PERSPECITIVAS DE ÊXITO – No Carmelo, o grande objetivo pelo qual Elias vivera, parecia alcançado! O falso culto foi banido e Jeová fora reconhecido como Deus a uma só voz por todo o povo! A falsa adoração fora derrubada! A transformação de Israel parecia inevitável, mas, num só dia, todo esse quadro de Vitória fora aniquilado com uma ameaça de morte! Portanto, vemos neste texto que a Depressão tem suas causas que precisam ser identificadas! Dentro de uma perspectiva psicológica, poderíamos ainda afirmar que Elias desenvolveu uma “Síndrome Pós-traumática”, pois essa manifestação depressiva acontece em decorrência de um trauma da ameaça de morte feita por Jezabel!

Mas qual foi o TRATAMENTO DE DEUS para Elias? Vamos ver? 1 – Deus deixou Elias dormir! O descanso é um instrumento poderoso quando há excesso de trabalho! Elias deita debaixo de um zimbro e adormece e Deus o deixa descansar! 2 – Deus o Alimenta! Depois que o Profeta havia dormido o suficiente, Deus envia um anjo que prepara um pão fresco e uma jarra de água para o Profeta. Ele acorda, come e volta a dormir um pouco mais! Deus respeita até a boa digestão do alimento! 3 – Deus permitiu que Elias desabafasse! Deus é onisciente, portanto, sabe de tudo, mas, pergunta ao Profeta: “Que fazes aqui, Elias?” (1 Rs. 19: 9). O objetivo de Deus era fazer com que o Profeta colocasse todas as mágoas para fora; desabafasse!

No versículo 13, Deus repete a pergunta, mas agora para 4 – Fazê-lo sentir a seriedade da vida! “Que fazes aqui, Elias?” A vida é uma Ação, e Elias não poderia continuar depressivo e acomodado na inércia! 5 – Deus lhe deu mais trabalho; outros horizontes! Com a aparente ‘queda’ do falso culto, Elias pensou que não tivesse mais utilidade, mas Deus lhe dá novos alvos!(vr. 15-17). 6 – Deus lhe trouxe ‘Boas Novas’(vr. 18); Elias não estava sozinho como pensava estar! Havia outros profetas remanescentes que não se dobraram a Baal! 7 – Deus restitui ao Profeta a sua autoestima. A partir do versículo 18, Elias retoma a sua caminhada e seu trabalho e se mostra totalmente recuperado até ser elevado ao céu numa carruagem de fogo! Entendeu? Aleluia!

Concluindo, quero dizer a você amigo(a), que está vivendo esta situação de Depressão, que o tratamento de Deus está à sua disposição! Tome esta Palavra como receita pra sua Vida! Estabeleça um descanso pra seu corpo! Reveja seus hábitos alimentares; uma alimentação saudável pode restaurar seu organismo! Desabafe! Procure alguém; um pastor; um(a) amigo(a), mas ponha pra fora toda essa mágoa e tristeza de seu coração! Entenda a seriedade da Vida; há muitas pessoas que dependem de sua missão aqui na terra e você não pode perder tempo! Estabeleça novos horizontes pra sua Vida; novas metas nos motivam! Quem sabe você precise de uma mudança de rumo? A boa notícia pra você é que tu não estás sozinho(a)! Estamos juntos em Oração; há outras pessoas que passam também por situações adversas e precisam do seu exemplo de superação!

Por último, creia que Deus restituirá toda sua autoestima; Deus se encarregará de restituir a você tudo que você perdeu! Ele é Deus! Não se preocupe com as circunstâncias; olhe para Jesus e decida vencer, pois Ele é poderoso para fazer muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, amém? Que Deus te abençoe; que o Senhor use a instrumentalidade desta Palavra para LIBERTAR tua Vida desta situação e te faça muito feliz! Um forte abraço a você e sua família, viu? Estamos juntos em Oração e 2013 será ainda melhor! As Promessas de Deus estão de pé em tua Vida! Creia! SE VOCÊ FOI ABENÇOADO(A) POR ESTA MENSAGEM, COMPARTILHE A MESMA AOS SEUS AMIGOS! PRINCIPALMENTE SE VOCÊ TEM AMIGOS NO CONTINENTE EUROPEU, QUE PASSA POR GRANDE CRISE E MUITOS ESTÃO RECORRENDO AO SUICÍDIO! Tem sempre mais alguém precisando de ajuda! Fiquem todos na Paz!

Pr. Paulo Giovane S. Fonseca-MS. ><>