terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Afinal, é pra dizimar ou não?



Paz Perfeita seja Multiplicada à todos Amigos Internautas de todo o mundo que tem nos acompanhado aqui e através do Facebook. Somos gratos a Deus por nos dar a oportunidade de estar uma vez mais aqui para compartilharmos da Palavra de Deus aos vossos Corações! Deus sabe da alegria que sentimos e o prazer que temos em postar uma Nova Mensagem dada por Ele para abençoar vossas Vidas! Que o Senhor continue abençoando cada um dos Amados e saibam que estamos juntos em oração e intercedendo por vossas Vidas e crendo no Milagre que Deus tem pra cada um dos Queridos que nos acompanham através da Internet! Continuamos contando com cada um de vocês na divulgação deste Blog e das Mensagens nele contidas!

Hoje venho vos trazer um Artigo que vinha relutando a postar devido ser um tema bem polêmico, e, como não gosto de agitos e nem estamos aqui pra chamar a atenção de ninguém através de polêmicas, vinha resistindo, mas, o assunto foi se fortalecendo e tomando forma em minha mente na medida em que dúvidas foram surgindo por parte de muitos Amigos que nos acompanham e aí, o Espírito Santo nos dirigiu a postarmos este Artigo e comentar dentro de uma perspectiva não exclusivamente teológica, mas, espiritual e funcional sobre DÍZIMOS E OFERTAS! O Senhor nos deu este tema e gostaria de compartilhar com vocês a minha opinião e experiência neste assunto que tem agitado a tanta gente dentro e fora das Igrejas Evangélicas! AFINAL, É PRA DIZIMAR OU NÃO?

Longe de entrar aqui num debate puramente teológico sobre o assunto, pois entendo que a grande maioria dos ensinamentos bíblicos devem ser aceitos por Fé, e esse é o desafio; aceitarmos as ordenanças de Deus pela Fé! Essa tem sido a grande dificuldade de muitos hoje, pois querem entrar em discussões sobre os “originais” gregos e hebraicos... E aí, vamos à busca pela lógica, num Campo que é da FÉ! E, portanto, todas as vezes que tentamos colocar a razão ou lógica nas verdades bíblicas, corremos o risco de não aceitarmos fatos indiscutíveis. Eu entendo que muita gente hoje ‘peca’ em duas vertentes: Uma por tentar ‘mistificar’ a questão e outra por tentar racionalizá-la! Diante dessa falha de interpretação, entramos na carne e acabamos perdendo Bênçãos em Deus!

Minha gente amada! Quando falamos no Campo da Fé, precisamos aceitar os desafios de Deus PELA FÉ! Sem misticismo e sem racionalismo! É simples! No Campo da Fé, ou você crê ou não crê! Ou você aceita e recebe a Benção ou não aceita e pronto! Nem precisamos discutir o assunto! Sabemos que pra que evidenciemos um Milagre em nossa Vida, precisamos estar enquadrados na Palavra de Deus em obediência e certeza de Fé. Tem muita gente que quer ver Deus agir em suas Vidas, mas não obedecem a Palavra de Deus! E aí... Não há do que reclamar! Mas se você está enquadrado na Palavra; é fiel ao Senhor, as Bênçãos tem que acontecer na sua Vida! Isso é um fato com respaldo bíblico! Basta lermos inúmeros textos como Dt. 28 e outros mais! Se obedecerdes... Benção. Se não obedecerdes... Já era!


Poderíamos citar aqui “Os Princípios da Contribuição”; falar sobre “Mordomia Bíblica”; sobre “A Benção da Semeadura”... E aí agente acaba entrando no Campo da “Teologia da Prosperidade”, e aí, a turma vai querer debater e tal... Bom. Prefiro trafegar pelo Campo da Fé! A Bíblia diz que “TUDO é possível ao que crê” e, “SE creres, verás a Glória de Deus”! Portanto, entendo que dizimar e ofertar não são coisas que os “CARNAIS” vão entender e aceitar! Essa atitude é para ESPIRITUAIS! Pra quem quer HONRAR a Deus até em suas finanças! Pronto, é isso! O Problema, é que tem uma cambada de “unha de vaca” por aí, (Me perdoem o linguajar esdrúxulo), que vivem na busca de uma desculpa para não contribuírem com a Obra de Deus! E por isso vivem na luta!

Esses ficam na busca de falhas dos pastores; vivem em busca de relatórios e querem administrar aquilo que é de Deus; que é da Obra do Senhor; que foi dedicado para tal! Mas alguém poderia dizer: “Mas Pastor, lá na minha Igreja não estão aplicando direito; estão esbanjando, etc...” Meu conselho à Você é: Se estás numa Igreja onde não há transparência na aplicação dos recursos, mude de Igreja, meu filho! Mas pare de ficar aí nessa neura de querer ser “fiscal” e se entristecendo e entristecendo a mais uma meia dúzia de gente dentro da Igreja! Talvez alguém ache que estou defendendo a libertinagem aqui, mas não é isso! O que quero que todos entendam é que AQUILO QUE SE DÁ A DEUS OU À IGREJA, É DE DEUS E DA IGREJA! Não é pra que eu venha querer administrar!

Imagine que eu tenha um Amigo muito querido. E eu decida dar a esse Amigo um presente bacana. Mas, ao dar o presente, fico tentando administrar o que dei!? Tem cabimento isso? Nem no meio dos pigmeus isso rola! Se você deu A DEUS, querido(a), esqueça! O segredo é você CONSAGRAR sua Oferta e seu Dízimo ao Senhor e aí, quem lançar mão e administrar de maneira errada, vai se ver com Deus! Amém? Mas você fica na rota da Benção, pois cumpriu seu Propósito e entrou no Caminho da Obediência! Entendido? Simples assim! E aí, vamos observar se nossa Semeadura dará frutos! Se não der, ou o problema está em nós que somos fiéis numa coisa e em outras não; ou o problema está no solo que estamos semeando! Tudo é uma questão de análise atenciosa e sincera!

Observe; faça uma análise daquilo que você tem recebido como fruto de sua Fidelidade! Observe a administração de sua Igreja sim, mas não se permita aprisionar seus olhos nas falhas... O foco é o Senhor Jesus! Então faça seus Propósitos, Consagre o que você decidiu devolver pra Deus e aguarde a Colheita com Fé e receba sua Vitória! Mais uma vez venho dizer que Ofertar ou Dizimar É UMA QUESTÃO DE FÉ! Onde eu decido devolver pra Deus o que tenho recebido como fruto de um Coração que AMA a Obra do Senhor! Como fruto de um Coração grato e convertido ao Senhor! Assim sendo, a oferta e o dízimo não podem ser frutos de imposição ou obrigação, mas de DEDICAÇÃO e HONRA ao Senhor! De um coração que AMA de fato ao Senhor e sua Obra! Quem quiser crer, bem; quem não quiser... Saiba porém que a Benção é só para os Obedientes e para os que horam ao Senhor!

Quando meu filho nasceu, o consagramos ao Senhor e fizemos um juramento no Altar da Igreja nos comprometendo em zelar pela Vida espiritual do menino até que ele venha crescer e possa decidir por si! A partir daquele momento o Guilherme passou a ser “Propriedade de Deus”; Consagrado ao Senhor! E nossa intenção ao Apresentá-lo a Deus, foi para que ele pudesse crescer debaixo da Benção de Deus! Entendeu? A Oferta e Dízimo têm o mesmo princípio! Doamos e devolvemos a Deus na intenção de termos nossas Finanças Consagradas e abençoadas pelo Senhor! E Deus atende nossa oração e recebe nossa Oferta quando entregamos não apenas no gazofilácio ou na salva, mas quando entregamos a Deus! Pois tem muita gente entregando na salva, mas não entrega a Deus! Entendeu??


É bem verdade, que, pelo mundo a fora, muitos espertalhões tentam enganar o Povo de Deus e tentam se dar bem, mas... Jesus nos ensinou como identificar se um “profeta” é verdadeiro ou falso! Pelo Amor de Jesus Cristo! Jesus usou uma ilustração para tornar a identificação fácil: “Pelos seus frutos o conhecereis”! (Mt. 7: 20). Ou seja, observe a vida desses; observe o “testemunho” deles! Observe também se as coisas que esses falam se cumprem na sua Vida! Pronto! Se o “profeta” diz que vai acontecer isso ou aquilo e não acontece... Coloque “o Cabra” sob suspeita! Mas não deixe de verificar sua Vida também, pois o erro pode estar em nós! Pode estar na maneira que ofertamos; pode estar nas reais intenções, pode estar na terra que estamos semeando... OBSERVE!

Vejo muita gente na Igreja reclamando desse ou daquele pastor ou pregador que pediu isso ou aquilo... Gente! Pela Compaixão de Deus! Entendam que se você atendeu de cara o pedido de um desses “abençoados”, é por sua conta e risco, pois quem observa a Palavra e a cumpre não oferta e dizima POR EMOÇÃO; com a intenção de “pegar um atalho” para receber um dinheirinho extra! Fala sério! Você só é enganado se quiser! Ninguém é criança! E aí eu ouço uma galera reclamando dessa ou daquela Igreja que pede muito! Minha gente! Vocês são inteligentes! Só dá quem quer dar! Agente só dá obrigado num assalto! Fora disso, dá quem quer dar e tem muita gente lá dando e recebendo de Deus de acordo com sua Fé! Ponto final! Simples assim! Você só recebe de Deus quando crê em Deus! Entendeu??

Por último, quero dizer aqui que se nossa vida está no Altar e se a terra for boa, não tem como dar errado! Mas quero deixar um texto bíblico para vossa meditação: Mt.2: 11 – “E, entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro, incenso e mirra.” Aqui conta a história do encontro que os “reis magos” tiveram com Jesus. E, quando se acha Jesus; quando se tem um “encontro” real com Jesus, nossa primeira atitude é de rendição e adoração! Depois abrimos nossos tesouros e ofertamos dádivas à Ele! Isso não é lindo? Mas o melhor ficou para o final! Eles ofereceram OURO, INCENSO e MIRRA! Características daquilo que devemos ofertar a Deus; daquilo que Ele quer receber de nós!

OURO, fala da “Glória de Deus”, e, o que oferecemos na Igreja deve ser para a Glória de Deus e não para homens; não é para a satisfação de homens; é para a Glória de Deus! INCENSO, fala de “Comunhão”, e, o que ofereço a Deus tem que ser fruto de minha Comunhão com o Senhor e não de um sentimento de obrigação ou imposição! MIRRA, fala de “Sacrifício”, pois a mirra é um perfume raríssimo que é obtido pelo esmagamento de uma planta do deserto, e, assim, o que dou ao Senhor deve ser fruto de sacrifício e não daquilo que sobeja ou daquilo que não significa nada pra mim! Durante muitos anos da minha vida na Igreja eu negligenciei esses Princípios Bíblicos e, portanto, não era abençoado! Mas a partir do momento que entendi pelo Espírito essas verdades, me converti e passei a ser fiel ao Senhor e aí, minha Vida mudou completamente!

Estou dando esse Testemunho para que todos saibam que o que prego aqui é fruto daquilo que vivo em minha Vida, pois, do contrário, não estaria postando NADA disso aqui! Agora, se alguém não crê, logo não me compreenderá! E não entendendo, como poderá ser abençoado? Fica a dica pra você que lê que, só colhemos aquilo que plantamos na Vida! Eu só posso falar daquilo que tenho vivido em minha casa, na minha Família e no meu Ministério! Minhas testemunhas são os da minha Casa e depois aqueles que servem a Deus comigo! Por onde passamos sempre fomos abençoados e abençoadores; conduzimos muitos a também serem abençoados! Minha dica pra você: FAÇA O TESTE e que Deus te abençoe ricamente!

Um forte abc e fiquem todos na Paz! E que Jeová Jireh, o Deus que Provê, o Deus da Providência vos abençoe abundantemente!

Pr. Paulo Giovane S. Fonseca-MS. ><>