quarta-feira, 3 de julho de 2013

Como Vaso nas Mãos do Oleiro!

Olá Queridos Amigos Internautas! Paz Perfeita vos seja Multiplicada neste dia que nos fez o Senhor! Depois de algumas semanas fora da Internet, por um Propósito pessoal, pude verificar o quanto vocês fazem falta para nós! Obrigado pelas Palavras de incentivo e carinho; alguns irmãos pensaram até que estávamos indo para a Glória! (rsrsrs)... Quem nos dera! Mas ainda estamos aqui para cumprirmos a Missão para com nossa Família e a nos dada por Cristo Jesus – Pregar sua Palavra com Ousadia! O fato é que é muito bom estar de volta e poder ministrar aos vossos Corações a Mensagem de Cristo; a Mensagem da Graça e da Consolação! É muito bom poder reencontrar Amigos, irmãos, seguidores do Blog e também no Facebook! Deus abençoe a todos nesta hora e vos dê as mais ricas e copiosas Bênçãos para vossas Vidas e Famílias! Continuamos juntos nessa jornada rumo ao Céu e cremos na Vitória que o Senhor Jesus tem pra cada um que é e permanece fiel à sua Palavra! Que Deus nos ajude neste dia!

A Mensagem de hoje está baseada no processo de fabricação de vasos de barro. Estava aqui pensando; meditando naquilo que o Espírito Santo coloca em nossos corações e mentes e acabei por pensar nesse assunto tão importante para nossas Vidas. Sabemos que Deus é perito em lidar com o barro; afinal, foi do barro que Ele formou o homem; criando-o a partir dessa matéria tão frágil, mas de lições profundas pra nossa Vida Espiritual. Quando lemos na Bíblia o capítulo dezoito do Livro do Profeta Jeremias, vamos observar uma narrativa em que o Profeta descreve uma experiência com Deus, quando este o dá uma ordem para que vá a uma Olaria, para ali, lhe fazer ouvir suas Palavras. Nos primeiros quatro versículos, aprendemos lições tremendas com o Profeta; com aquilo que Deus fala com ele! Jeremias vinha de uma maratona de problemas; era um Profeta rejeitado; conhecido como Profeta Chorão! Chorou pela indiferença do povo em relação a Deus e sua Palavra! Chorou pela frieza do Povo!

A grande tragédia de Jeremias, é que ele pregava a ouvidos surdos; a pessoas que não queriam ouvir as Palavras de Deus! Igualmente aos dias de hoje, há muitos que não querem ouvir a Voz de Deus; preferindo as fábulas! Há muitos que hoje não suportam a legitimidade da Bíblia e aí, acabam por desejar ouvir mentiras e “historinhas de carochinha”! É bem melhor ser afagado; ser bajulado por “falácias” do que ser confrontado pela Palavra de Deus! Isso é um fato! Jeremias passou por essa situação e, isso lhe causou a vontade de parar narrada no capítulo vinte e versículo nove! Mas é também neste capítulo, que ele relata sua decisão de continuar quando Deus fala com ele! E, nesta hora, Deus vai falar contigo através desta Mensagem, para que você não pare; não desista agora, pois Deus é contigo, amém? Voltando ao capítulo dezoito, vamos ver um Profeta desanimado; abatido e prestes a desistir por ocasião das tantas perseguições! Até mesmo seus familiares o questionam pelas costas! (Ver capítulo doze).

A situação do Profeta se torna quase insustentável, mas Deus então fala com o Profeta: “Levanta-te e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras!” Deus ordena ao Profeta para ir numa olaria, pois lá falaria com ele! Além das lições pessoais que o Profeta precisava receber de Deus naquela olaria, ele também recebe uma Mensagem para transmitir à Nação de Israel! Deus o ordena a LEVANTAR – Tomar uma atitude diante de toda aquela situação! O Profeta obedece, pois na obediência está nossa Vitória! Deus o manda a um lugar sem expressão, pois Deus está disposto a falar conosco nos lugares mais absurdos e simples; lugares até desprezíveis, mas lá, Deus nos fala! O Profeta precisava entender que Deus não se manifestava somente em grandes aglomerações; que Deus não estava disposto a usá-lo somente em grandes concentrações, mas em lugares insignificantes também, pois ali Ele também fala! Quando chega lá, encontra o oleiro fazendo a sua obra; focado!

É impressionante como não se sabe o nome do oleiro, nem de seus antecessores! Aquele moço não era ninguém de destaque; alguém que viesse a despertar o interesse de alguém, mas estava lá; fazendo o seu trabalho! Jeremias também precisava entender isso: Nem sempre seremos destaque; nem sempre estaremos sob holofotes ou seremos reconhecidos, mas o importante é fazer; executar nossa Missão! Observando aquele “Guri”, Jeremias vê o vaso que ele fazia se quebrar e pensou que este seria jogado fora; naturalmente! Mas ao invés disso, o oleiro desconhecido toma os cacos em suas mãos e torna fazer daquele vaso, outro vaso, conforme lhe pareceu bem aos seus olhos fazer! Lição: Nunca perca a perspectiva positiva do Milagre diante das perdas e tribulações! Deus estava dizendo pra Jeremias: “Meu filho! Diante de todo esse caos em que se encontra Israel, Eu posso reverter toda essa situação!” Jeremias recebe, então com essas lições pessoais de Deus pra ele, uma injeção de ânimo e vigor!

Mas outras lições para nós podemos tirar da olaria! Deus leva o Profeta àquele lugar também para lembra-lo que o homem veio do barro; que somos frágeis e carentes de sermos moldados todos os dias! A verdade, é que carecemos de sermos moldados todos os dias mesmo e, ignorar isso é ir de encontro ao fracasso na Caminhada Cristã! A Obra de Deus em nós não está por acabada! Precisamos desse processo constante em nossas Vidas, pois somos COMO VASOS NAS MÃOS DO OLEIRO! Você entende isso? Portanto, quando Deus leva Jeremias na Olaria, também estava dizendo: “Filhinho! Tu precisas também ser moldado! Estás no processo! Entenda isso!” Vale a pena dizer aqui que o homem foi a única criatura que Deus formou com as próprias Mãos! Assim sendo, Jeremias precisava lembrar-se do processo ao observar o vaso nas mãos daquele humilde oleiro, e entender, que da nossa “quebradeira”, Deus pode fazer grandes coisas que parecem bem aos SEUS olhos e não aos nossos! Glória a Deus!

Quantos nesta ora, pelas Igrejas à fora, estão nessa quebradeira nas mãos de homens falhos? E estão totalmente desanimados e sem perspectivas!? Mas Deus está no controle de tudo isso, amados(as)! Mas vamos analisar melhor essa questão da Olaria. Uma vez fui visitar uma no interior do estado do Espírito Santo e tive o privilégio de conversar com um oleiro profissional. Pelo que pude aprender, e o que se sabe, existem inúmeras qualidades de barro na terra, mas nem todas servem para confecção de Vasos! Para se ter uma ideia, existem muitos tipos de barro, mas apenas aproximadamente oito, são adequados para confecção de vasos. Dentre essas oito qualidades apropriadas, ainda existem dois tipos: O Barro magro, aquele sem liga, sem consistência e sem firmeza e o barro Gordo, aquele com liga, boa resistência e firmeza. Esse “barro gordo” é um barro mais úmido e mais profundo, ou seja, quando mais fundo se busca o barro, maior valor ele tem! Entenderam? É assim conosco também, amados!

Quanto mais fundo o homem possa estar em seus pecados, maior valor ele tem pra Deus! Isso é tremendo, pois nos ajuda a entender muita coisa diante da convivência com pessoas tão difíceis e duras quanto ao Evangelho! Aquele esposo que não quer saber de Deus e nem de Igreja; aquele filho rebelde que sempre deu trabalho; aquele amigo ou amiga que faz piada e te ridiculariza por você ser servo de Deus; aquele vizinho macumbeiro... Todos esses têm um valor incalculável pra Deus! Amém? E na hora certa Deus vai agir na Vida destes; vai resgatar esse barro para fazer um grande vaso! Aleluia! Uma outra coisa interessante na olaria, é que, resgatado esse “barro gordo”, ele é levado para olaria, pois só lá ele poderá ser processado! A olaria do barro aqui na terra é a Igreja de Cristo e Ele é o Oleiro! A Obra no barro será feita pelo Oleiro Jesus Cristo e não por homens ou por uma Instituição, amém? Isso é lindo! O barro é trazido para a olaria onde passará por outros processos mais, que nos são valiosos!

Quando chega a olaria, o barro vem cheio de impurezas; sendo assim, ele é peneirado, onde toda sujeira e impurezas são removidas do barro! Assim Deus faz também com o homem que Ele escolhe e traz para a sua Casa; a Igreja! Depois de trazê-lo, Deus agora começa a peneirar essa Vida através da Palavra, e através das tribulações as sujeiras são removidas de nossas Vidas! É um processo doloroso, pois retira certas coisas que há algum tempo julgávamos importantes! Mas a LIMPEZA é necessária para que o Vaso seja feito! Depois de peneirado e limpo, o barro é colocado em descanso... É o tempo da ESPERA! Misericórdia! Como é doloroso esperar num mundo de tanto imediatismo! Mas é o processo de Deus para formar o Vaso! Depois o barro é levado para uma bancada onde é umedecido e aí começa a pior parte! O barro é amassado e batido até adquirir liga! Aqui é a parte mais dolorosa, quando Deus nos amassa e bate o barro a fim de adquirir liga! Pois se o barro não tiver liga não presta!

Quantos crentes “sem liga” por aí, não é verdade? Quanta gente que não se enquadra, não se une, não ama, não perdoa, não atrai ninguém! Mas esse Processo de Deus é tremendo para fazer com que o barro saiba o valor da liga! Já pensou nisso? É no momento da provação que aprendemos o valor de um Amigo; de uma Amizade; de relacionamentos sadios! São nas horas quando estamos apanhando, é que aprendemos a depender de Deus e de sua Palavra! Nesse processo, o barro apanha, é amassado e absorve água! É assim que Deus nos quer na luta! Nossa Vitória está na Água da Palavra de Deus! Amém? Depois que o barro adquire LIGA, ele é levado para a Roda para ser MOLDADO; é aqui que se cria o Vaso e sua finalidade! Aqui o barro fica diretamente nas mãos do oleiro que o molda de acordo com seu querer! Entenderam isso? Aqui o barro é moldado segundo a VONTADE DO OLEIRO! O Oleiro é quem determina para que serviço este Vaso será destinado! Entenderam? Aleluia!

Após a modelagem, o Vaso é levado para secagem! Mais uma vez fica na espera, aguardando secar e endurecer! Aqui é o momento das experiências diretas com Deus; do momento à sós com Deus que fazem desenvolver em nós o AMADURECIMENTO! Pensam que acabou? Nada! Após a secagem, vem o momento culminante do processo de fabricação de um Vaso; quando o barro agora Vaso é levado para a Fornalha! Num calor terrível e por tempo determinado o Vaso fica lá dentro do fogo! E aí, está pronto, para ser polido, pintado e colocado à serviço! Nesta última fase, o vaso passa pelo “calor das batalhas” da vida; pelo polimento, para que as arestas sejam removidas e aí ele é pintado ou envernizado, adquirindo uma aparência de Cristão para que possa SERVIR! Amém? Todo esse processo leva tempo! Para alguns mais do que outros, dependendo do que precisa ser removido e tratado no barro! Mas, espiritualmente falando, tudo isso é extremamente benéfico para nossas Vidas e Ministério! Aleluia!

Pular alguma dessas fases ou tentar evita-las é extremamente prejudicial à Vida Cristã, amados! Precisamos nos render ao Oleiro Jesus Cristo para que Ele trabalhe de maneira completa, pois, “aquele que em vós começou a boa obra, é fiel para completa-la...” Eu não sei em que fase estás nesse Processo de “Desconstrução ou de “Construção” na sua Vida, amado(a)! Mas eu sei que se tu te renderes e deixares Deus trabalhar em tua Vida, verás que Ele fará de ti uma Benção! Lembre-se que no Processo de fabricação do Vaso, o mesmo pode ser quebrado e refeito de acordo com a Vontade do Oleiro! Nossa Vida terá altos e baixos, mas estando nas mãos do Oleiro, tu estás seguro; e podes descansar na Promessa de que se hoje estás quebrado, Deus está pronto, é fiel e fará de tudo para RESTAURAR-TE COMPLETAMENTE! Creia nisso e tome posse desta Palavra neste dia, queridos(as)! O SENHOR FALA CONTIGO ATRAVÉS DESTA PALAVRA HOJE! Permita ser trabalhado por Deus e se renda ao tratamento! Tudo vai acabar bem!

Que Deus te abençoe e que tu possas ser abençoado(a) neste dia permitindo o trabalhar de Deus em tua Vida e Ministério! COMO VASO NAS MÃOS DO OLEIRO, tu sempre serás Vitorioso(a)! Esteja certo(a) disso! Todo esse Processo tem data de validade, ou seja, tem início e fim! E, para nós, o que interessa é o final, pois neste final, estaremos habilitados para viver o melhor de Deus! Um forte abraço pra você amado(a) irmão(ã)! Estamos juntos nessa caminhada! Também conto com as orações de vocês, pois também estamos nesse Processo com Deus, onde Ele tem nos moldado a cada dia; onde Ele tem retirado de nós tudo o que não presta! E, quando é preciso quebrar-nos, Ele o faz! Mas torna a nos reconstruir de forma melhorada! Glória a Deus! Deus é contigo, amado(a)! Estamos intercedendo por você, viu? Temos esta Aliança em Cristo Jesus! Fiquem todos na Santa Paz do Senhor Jesus Cristo – O Oleiro Verdadeiro de nossas Vidas! QUE DEUS TE ABENÇOE NESTE DIA!


Pr. Paulo Giovane S. Fonseca. ><>